Por que criar seu site em WordPress?

Por que criar seu site em WordPress?

Mesmo que você não seja um entendido no assunto, provavelmente já ouviu falar do WordPress. A plataforma é hoje a mais popular do mundo para a construção e desenvolvimento de websites, desde blogs ou sites corporativos até complexos sistemas e lojas virtuais.

Mas o que é o WordPress afinal?

Bem, antes de tudo, é preciso diferenciar o WordPress.com, que é uma plataforma online na qual você pode montar, gratuitamente, seu blog (como o Blogger ou o Tumblr), do WordPress.org. Nesse segundo website, é possível fazer o download de um arquivo ZIP que contém a instalação do sistema WordPress – é sobre ele que o seu site é construído.

O webmaster instala esse pacote do WordPress.org em seu serviço de webhost e, a partir dele, poderá criar um banco de dados para seu website e começar a montá-lo, inserindo ou modificando funcionalidades e alterando o chamado tema, que é a “cara” que o seu website vai ter.

Alguns serviços de host possuem instalações automatizadas do sistema WordPress, mas se você mesmo pretende montar seu site, confira se a versão em seu webhost é a mais recente ou se precisa de atualização antes mesmo de efetuar modificações ou escolher e instalar seu tema, para evitar problemas de compatibilidade.

Interessante, mas o que eu ganho usando o WordPress?

Mesmo para quem não domina PHP (linguagem sobre a qual o WordPress foi criado) ou irá contratar um web designer para desenvolver seu site, o WordPress oferece algumas vantagens que são indiscutíveis.
O WordPress é um sistema de CMS (Content Management System), o que resumindo significa que ele é produzido para gerir o conteúdo do seu site. Uma vez instalado e criado pelo web designer, seu site poderá ser administrado por você mesmo, por meio da utilização de uma senha de acesso que ingressa no painel do site (somente visível para os proprietários).
Com acesso ao painel, o usuário poderá inserir novos posts e páginas, fazer o upload de fotos e, em alguns casos, até realizar alterações e mudanças mais radicais em seu site, como mudar elementos das barras laterais, do slider de topo, incluir itens no menu, criar novas categorias para os posts e muito mais. Tudo isso sem saber absolutamente nada de programação.

É claro que, como todo software, por mais simples que seja, o WordPress é uma plataforma que exige um pouquinho de prática, mas nada que uma boa fuçada não resolva. Além de fácil de usar, o WordPress cria sites que possuem uma infinidade de vantagens, tanto para o proprietário não-programador quanto para os próprios desenvolvedores:

Editor amigável – o editor de textos para inserção de posts e páginas lembra, em muitos aspectos, o próprio Microsoft Word. Com ícones e funções dedutíveis, locais para subir fotos e colocá-las em destaque e várias outras funcionalidades, como inserção de tags, botão para salvar rascunho e até um sistema de agendamento de posts, a plataforma é fácil de mexer e aprender.

Plugins – novas funcionalidades podem ser adicionados ao website ou mesmo ao painel simplesmente com a instalação de novos plugins – há dezenas de milhares deles. O melhor de tudo? A grande maioria é gratuita.

Temas – há centenas de bons temas gratuitos para WordPress. Muitos web designers começam a personalizar sites de seus clientes em cima de temas já existentes, inclusive. Também há a possibilidade de se comprar temas mais sofisticados ou “premium”. A grande maioria possui preços que variam entre US$ 30,00 e US$ 60,00 e alguns possuem funcionalidades e características especiais, para sites de e-commerce, classificados e imobiliárias, por exemplo.

Gratuito e em português – finalmente, a plataforma do WordPress é totalmente open source e gratuita, ou seja, você não paga nada para usar. Além disso, há a versão em português do Brasil, para quem não quer arriscar a eficácia das aulinhas de inglês (e bem traduzido, por sinal).

Comments are closed.