O que é FailOver, Failback e SwitchOver

O que é FailOver, Failback e SwitchOver

O Que significa Failover, Failback e Switchover nos tutoriais em inglês?

Quem instala sistemas com grande quantidade de usuários é indispensável implementar mecanismo que garanta alta disponibilidade dos serviços. O pacote Heartbeat é um dos mais populares para implementar tais mecanismos no mundo Linux. Quem instala sistemas Asterisk, OpenSER, servidor web, banco de dados, entre outros sistemas se depara na documentação do Heartbeat com os termos de failover, failback e switchover. Para que não está familiarizado com essa termologia, como uma colher de chá e também como forma de documentar na língua pátria, segue uma definição extraída da Wikipedia, http://en.wikipedia.org/wiki/Failover e http://en.wikipedia.org/wiki/Switchover:

Failover

O failover é a capacidade de determinado sistema/serviço migrar automaticamente para um outro servidor, sistema ou rede redundante ou que está em standby quando da ocorrência de falha ou término anormal do servidor, do sistema ou da rede que estava ativo até aquele instante. O Failover acontece sem intervenção humana e geralmente sem aviso prévio, diferente de switchover.

Os projetistas de sistemas normalmente fornecem capacidade de failover em servidores, sistemas ou redes que exigem continua disponibilidade e um alto grau de confiabilidade.

A automação é feita usando um cabo “Heartbeat” que é conectado aos dois servidores. Tão longo exista um “Pulso ou mensagem heartbeat” do servidor principal para o servidor secundário, o servidor secundário não iniciará seus sistemas. Pode haver também um terceiro servidor “Spare parts” que possui rodando componentes de reserva para comutação “no fogo” para evitar a interrupção durante o lapso de tempo da comutação.

O segundo servidor imediatamente assumirá o trabalho do primeiro tão logo ele detecte alguma alteração na mensagem “heartbeat” da primeira máquina. Alguns sistemas possuem a habilidade de mandar uma mensagem via page ou enviar uma mensagem para um técnico pré-designado ou centro de monitoração.

Em alguns sistemas, o failover é intencionalmente não automático por completo, que exige a intervenção humana. Isso é chamado “automatizado com aprovação manual“, porque a atividade fica automática uma vez que seja dada a aprovação.

Reciprocamente, o Failback é o processo de restauração de um sistema/componente/serviço que se encontra em um estado de failover (ou seja, aquela máquina onde estava rodando o serviço que apresentou problrmas) de volta a seu estado original que estava antes da falha.

Switchover

O switchover é a capacidade de um sistema de comutar manualmente para um computador servidor, sistema ou rede redundante ou em standby quando da ocorrência de falha ou término anormal do servidor, sistema, ou rede ativo anteriormente. Switchover acontece com a intervenção humana, diferentemente do Failover.

Um switchover normalmente seria iniciado a fim de executar manutenção do sistema, como instalação de patches, atualização para uma nova release ou atualização do seu sistema. Em outros casos, o sistema inteiro é suficientemente complexo em que fazer o failover automático não é possível.

 

Fonte: http://www.noticiaria.com.br/item/id/127389/title/Que_e_Failover__Failback_e_Switchover

Comments are closed.