Terminal

Olá galera tudo na paz?
Hoje vou voltar um pouco no tempo e passar aos que estão começando agora no mundo Linux (GNU/Linux) … lembrando que como “todos”ou quase todos sabem o Terminal/Console Linux é muito poderoso e pode em alguns casos até ferrar com sua instalação… tomem cuidado…hehehehehe…. “Terminal é um Mal Necessário”, há momentos em que não possuímos por algum motivo e que só o terminal pode nos ajudar…. Que diga o sufoco que passamos (Eu e Little_Oak) em que após uma queda de energia(diga-se besteira ao deligar do Nobreak um servidor em produção) um Servidor com Ubuntu não queria subir por nada…. mas vamos ao que interessa, essa é uma história longa fica para outro dia…
Vamos lá… esses são comandos que qualquer usuário Linux que se preze deve saber

cat [arquivo]: Ecoa na tela o conteúdo do arquivo em questão

root@appunix:~#cat appunix.txt

cd : Change Directory, ou seja comando usado para navegação entre os diretórios…

root@appunix:~#cd /etc/squid

chmod: Importantíssimo, usado para estar permissões em arquivos e/ou diretórios

root@appunix:~#chmod 777 /etc/squid/ip_liberado.txt

clear: limpa todo conteúdo da tela do console, uso das teclas CTRL+L proporciona o mesmo efeito

cp [origem] [destino]: comando de cópia em sistemas Unix-Like, costumo usar bastante antes de de alterar algum arquivo de configuração

root@appunix:~#cp /etc/squid/squid.conf /etc/squid/squid.conf.BKP

date: mostra a data e a hora atual, é usado também para acertar a data e hora

root@appunix:~#date mmddHHMMYYYY

onde são:
mm (mês 00-12)
dd (dia 00-31)
HH (hora 00-23)
MM (min 00-59)
YYYY (0000-9999)

df: mostra as partições usadas, costumo usar bastante df -h que mostra informações em formato que seres humanos conseguem entender

root@appunix:~#df -h

diff [arquivo] [arquivo_de_Comparação] : usado para identificar as diferenças entre dois arquivos

root@appunix:~#diff /etc/squid/squid.conf /etc/squid/squid.conf.BKP

du -[argumento] [diretorio ou arquivo]: mostra o tamanho de um diretório ou arquivo, uso sempre com o argumento -h pois esse argunto nos mostra em formato legível por nós

root@appunix:~#du -h /etc/squid/squid.conf

file [arquivo]: mostra informações de um arquivo, como Codifica’ão de caracteres e linguagem em que está o arquivo

root@appunix:~#file /etc/squid/squid.conf
squid.conf: ASCII English text

finger [usuário]: exibe informações sobre o usuário em questão, nome e diretório (o /home do usuário), é ncessário fazer a instalação do pacote finger

root@appunix:~# finger Login: root

Name: root
Directory: /root                        Shell: /bin/bash
On since Sun May 22 22:46 (BRT) on pts/0 from 187.20.XXX.XXX (messages off)
No mail.
No Plan.

free -[opção]: usado para mostrar a quantidade de memoria ram usada/livre do PC, -b,-k,-m,-g mostram informações respectivamente em Bytes, KBytes, MBytes e GBytes

root@appunix:~# free -m

halt: desliga o computador, só pode ser executado pelo root

root@appunix:~#halt

history: mostra os últimos comandos utilizados, o mesmo que cat .bash_history (no diretório raiz)

root@appunix:~# history
18  vim ip_liberado.txt
19  killall squid3 -HUP
20  cat /etc/squid3/ip_liberado.txt
21  cd /etc/squid3/
22  vim trava_msn_orkut.txt
23  cd /etc/squid3/
24  vim trava_m
25  vim trava_msn_orkut.txt
26  killall squid3 -HUP
27  cd /etc/squid3/

kill: usado para encerrar processados em sistemas GNU Linux

root@appunix:~#killall mysql

ou

root@appunix:~#killall -9 1970

ls: lista os arquivos e diretórios da pasta atual, usado também para saber as permissões que determinados arquivos/diretórios têm

root@appunix:~#ls -la

lynx: esse é o navegador via console

root@appunix:~#lynks http://www.google.com.br

mv [origem] [destino]: á uma espécie de CTRL+X via console, move o conteúdo de um arquivo para um outro

root@appunix:~#mv /etc/squid/squid.conf /etc/squid/squid.conf.BKP

mkdir [nome_diretório]: comando usando para criar diretórios

root@appunix:~#mkdir Sites

passwd [usuário]: serve para alterar senhas dos usuarios

root@appunix:~#passwd doooguinha

ps: mostra os processos em execução no sistema, onde possui as seguintes opções:

a - mostra todos os processos existentes;
e – exibe as variáveis de ambiente relacionadas aos processos;
f – exibe a árvore de execução dos processos;
l – exibe mais campos no resultado;
m – mostra a quantidade de memória ocupada por cada processo;
u – exibe o nome do usuário que iniciou determinado processo e a hora em que isso ocorreu;
x – exibe os processos que não estão associados a terminais;
w – se o resultado de processo não couber em uma linha, essa opção faz com que o restante seja exibido na linha seguinte.

root@appunix:~#ps -aux

pwd: server para mostrar qual o seu diretório corrente

root@appunix:~#pwd
/var/root

reboot: reinicia o sistema imediatamente

root@appunix:~#reboot

rm [arquivo]: apaga o arquivo especificado, substitui também o comando rmdir quando utilizada a opção -r, costumo me ferra sempre mas uso SEMPRE com as opções -rf, que não me pergunta nada e força a exclusão do arquivo

root@appunix:~#rm -rf /etc/samba/smb.conf

shutdown: desliga ou reinicia o computador, veja:

root@appunix:~#shutdown -r now (reinicia)

root@appunix:~#shutdown -h now (desliga)

A opção now pode ser mudada, por exemplo para +10, o sistema irá reiniciado ou desligado daqui a 10 minutos.

su: muda de usuario corren para superusuário, costumo usar su -, será solicitada a senha de root do sistema

tar -xzvf [arquivo.tar.gz]: extrai um arquivo compactado em tar.gz para o diretório corrente.

root@appunix:~#tar -xzvf  squid-2.5.STABLE14.tar.gz

top: exibe uma visão geral do sistema, como uso de memória, tempo em que o server está ligado, os processos, dentre outras informações

root@appunix:~#top cd1 (que muda o intervalo de tempo das atualizações da tela para 1 segundo)

uname: mostra informações sobre o sistema (utilizado por mim única e exclusivamente para saber a versão do kernel do sistema em questão)

root@appunix:~#uname -a
Linux servidor2 2.6.38-22-generic-pae #36-Ubuntu SMP Thu Jun 3 23:14:23 UTC 2010 i686 GNU/Linux

Usuários um pouco mais avançado do sistema do pinguim devem estar sentindo falta de alguns comandos, mas essa é só a primeira parte de comando indispensáveis para usuários Linux, acalmem-se em uma próxima ocasião mostrarei os restante desses comandos que considero indispensáveis.

Obrigado a você que visita nosso Blog e fique a vontade para qualquer pergunta….

Espero que seja de grande serventia tais comando para você que inicia nessa maravilhosa vida com o pinguim!!!!

Abraço a todos. :D

Share