ddos_banner

O que é um ataque DDoS?

Quem já teve problemas com seu website ou aplicação na web certamente já ouviu falar do termo “DdoS” de uma maneira nada agradável. Esses ataques são mais comuns do que se possa imaginar e, longe de afetarem apenas grandes empresas, podem tirar do ar websites e serviços de empresas menores e até usuários individuais.

O DdoS é um ataque de “negação de serviços distribuída”, ou seja, diversos computadores anteriormente infectados por hackers são acionados de modo remoto contra um alvo determinado pelo criminoso virtual, e a partir daí passam a gerar milhares ou milhões de requisições, até que tirem o serviço ou site do ar por sobrecarga ou excesso de tráfego.

Esses ataques obrigam as vítimas a reiniciar seus sistemas, suspendendo serviços temporariamente, ou obstruem a comunicação entre usuários e a vítima, gerando muita confusão e até desespero em alguns casos (ataques a sistemas bancários, por exemplo).
(mais…)

servidores_banner

É possível encontrar servidores bons e com preços convidativos?

Antes de seguir adiante: sim, é possível. Antes de tudo imagine que um servidor, qualquer que seja seu tipo, nada mais é do que um computador ou um conjunto de computadores operando o tempo todo em conexão com a internet, “emprestando” seu espaço em disco e recursos de hardware para que você os utilize em sua aplicação online.

Como todo computador, há modelos caros e baratos – marca, recursos, configurações e mesmo softwares instalados: tudo isso influencia o preço de um servidor, mesmo quando estamos falando de sistemas na nuvem. Os preços podem variar de acordo com as propriedades e características de cada um dos computadores. Mais do que apenas procurar, há algumas atitudes que você pode tomar para conseguir bons recursos e preços ainda melhores: (mais…)

redes_banner

Como reparar a rede do Windows via MS-DOS

Esta dica tanto é boa para tentar acessar sites quando seu pc está tendo aberturas de páginas estranhas (com muita lentidão na abertura, ou mesmo total perda de dados na abertura) quanto também para reparo de rede local, na verdade os procedimentos servem para um reparo simples e funciona tanto no Windows XP quanto no Windows 7/8, para que funcionem no Windows 7/8 será necessário escrever CMD no menu iniciar -> executar e assim que for exibido o ícone do terminal (imagem de um quadrado preto) clique com o botão direito e mande executar como administrador. No Windows XP basta fazer a mesma coisa, porém não precisa apertar com o botão direito do mouse (presumindo que você já seja um administrador do sistema, ou seja, faça parte de tal grupo)
(mais…)

bancpanel

Como deletar emails de uma conta específica no EXIM

Olá pessoal, seguindo nossa série de dicas vamos postar neste instante uma dica simples para os sysadmins, mas que é muito útil quando precisamos limpar dados desnecessários na fila de emails (tornando outros emails lentos).

Vamos lá, em primeira mão iremos simplificar o uso do comando com algumas informações:

Antes do pipe “|” percebemos que estamos pedindo os remetentes da fila de email, após o pipe estamos recebendo o argumento (email) e no último pipe estamos usando o xargs (comando que serve para receber a saída de um comando e aplicar outro), logo, recebemos a saída do comando como remetentes e estamos aplicando o comando do exim de remoção de mensagens. Citamos a conta root pois deletamos algumas notificações, mas no lugar de root poderia ser emaildousuário@qualquercoisa.com.br.

Há dicas na Web que recomendam aplicar frozen nos emails e depois remover todos os emails frozen, porém, remover emails congelados torna-se perigoso pois grande parte deles pode estar congelado pelo simples fato do servidor de destino ter apresentado alguma falha e em seguida será restabelecido para receber a nova tentativa de envio, removendo você tira toda chance disto acontecer.

wp_banner

Migrando WordPress de Domínio

Se deseja mudar o domínio ou está interessado em fazer um backup e instalar em um servidor local do WordPress, será necessário fazer a troca de endereço do blog.

Além da cópia de todos os arquivos, será necessário atualizar algumas informações no banco de dados para fazer a troca de domínios. Para isso a maneira mais rápida é através da edição do banco de dados, veja a seguir o passo a passo de como fazê-lo de maneira prática, rápida e totalmente segura. (mais…)

wp_banner

Por que criar seu site em WordPress?

Mesmo que você não seja um entendido no assunto, provavelmente já ouviu falar do WordPress. A plataforma é hoje a mais popular do mundo para a construção e desenvolvimento de websites, desde blogs ou sites corporativos até complexos sistemas e lojas virtuais.

Mas o que é o WordPress afinal?

Bem, antes de tudo, é preciso diferenciar o WordPress.com, que é uma plataforma online na qual você pode montar, gratuitamente, seu blog (como o Blogger ou o Tumblr), do WordPress.org. Nesse segundo website, é possível fazer o download de um arquivo ZIP que contém a instalação do sistema WordPress – é sobre ele que o seu site é construído.

O webmaster instala esse pacote do WordPress.org em seu serviço de webhost e, a partir dele, poderá criar um banco de dados para seu website e começar a montá-lo, inserindo ou modificando funcionalidades e alterando o chamado tema, que é a “cara” que o seu website vai ter. (mais…)

[root@localhost ~]# /etc/init.d/mysqld start /etc/init.d/mysqld: line 16: /etc/sysconfig/network: Arquivo ou diretório não encontrado

Se esse é o erro quando você tenta iniciar o mysql fique tranquilo, a saída é muito simples.
Execute o seguinte comando como root:

Depois:

iptables v1.3.8: Couldn’t load match `connlimit’:/lib/iptables/libipt_connlimit.so

Para sanar este erro no iptables, faça o download do pacote abaixo:

Assim que baixar instale o pacote utilizando o seguinte comando:

Terminando rode o iptables normalmente ;).

 

wp_banner

Blank Pages no WordPress, como sanar?

Passos para Sanar o Problema:

 

1 – Entre no WHM como root,

2 – Siga os menus e submenus (->)  Home (Início) -> Service Configuration -> PHP Configuration Editor,

3 – Localize o item Memory_Limit, esse deve possuir PELO MENOS 320mb (sim, há plugins pesados que consomem muita ram),

4 – Localize Upload_max_filesize, apesar de não influenciar aqui, no momento de uploads você pode se dar mal, deixe pelo menos 500MB (nossa hospedagem permite 2gb de upload),

5 – Localize Max_execution_time, deixe pelo menos 600s (para uploads longos ou processos de plugins será de suma importância ter execução longa),

6 – Localize Max_input_time e deixe pelo menos 300s.

 

De todos os pontos que citamos, os 2 principais para sanar o problema são MEMORY_LIMIT e Max_Execution_Time.

 

Fonte: http://webking.com.br/blog/wordpress-dando-pagina-branca-blank-pages-in-wordpress-cpanel-whm/

bancpanel

WARNING: ‘require ‘rake/rdoctask” is deprecated. Please use ‘require ‘rdoc/task’

Em um ambiente CPANEL se isto estiver ocorrendo você necessitará de um downgrade no Rake.

Para isto, você deve saber a exata versão do rake do seu Ruby on Rails, no meu caso de exemplo:

 

Rode os dois comandos acima para tentar achar a versão 0.9.2, por exemplo, depois de feitos os comandos use o comando para instalar o rake mais antigo: